18 de janeiro de 2018

Cocada Cremosa Brûlée (ou não)


Domingo passado foi um dia lindo. Almoço com amigos super queridos, risadas de doer a barriga... aquele dia gostoso mesmo, sabe?
Preparei uma moqueca que segundo minha amiga baiana, a fez voltar para casa. Fiquei tão feliz.
Como preparei o leite de coco para a moqueca, sobrou o 'bagaço' e eu usei-o como sempre faço aqui em casa: uma cocada cremosa de forno. A versão 'brûlée' é totalmente opcional, mas vale a pena, viu?

A receita é uma adaptação muito melhorada dessa daqui, já que usa o coco fresquinho.
E olha, se não quiser fazer o leite de coco para obter o bagaço, é só ralar o coco fino ou bater todos os ingredientes no liquidificador. Mais fácil, impossível. <3
Ps.: pode dobrar, triplicar, quadruplicar a receita. ;)


Cocada Cremosa da Máh

Polpa de 1 coco seco ralada finamente (usei o bagaço do leite de coco)
1 lata de leite condensado
3 ovos
1 colher (sopa) de manteiga derretida
1 pitada de sal

Como fazer?

Misture todos os ingredientes e leve para assar em um refratário untado até o centro ficar firme e a cocada bem dourada. Sirva quente ou fria.
Caso vá fazer a versão 'brûlée', polvilhe uma camada uniforme de açúcar cristal, queime com o maçarico e sirva imediatamente.


Espero que gostem!
Beijocas e até a próxima. :)




10 de janeiro de 2018

Sorvete de Nozes



Para mim, essa receita tem a cara do Natal... mas nada impede de prepará-la o ano inteiro né?
Eu sei que nozes são caras (pelo menos eu acho), mas vale o investimento! Sim, comida é investimento e sorvete caseiro é qualidade de vida!
Ah, sugiro você fazer como eu e usar o 'bagaço*' das nozes nesse pão MARAVILHOSO (sou viciada nesse pão, quem me segue no Instagram já viu). É só secá-las no forno, mexendo regularmente.
Esse sorvete é praticamente esse aqui, apenas mudando a castanha... a próxima que irei usar é macadâmia. <3



Sorvete de Nozes da Máh

2 xícara de nozes torradas
3 xícaras de leite integral
1 xícara de creme de leite fresco
3/4 xícara de açúcar
5 gemas
1 colher (chá) de amido de milho
1 colher (chá) de extrato de baunilha
1/2 colher (chá) de sal

Como fazer?
Misturei as nozes com o leite e o creme de leite numa panela e levei ao fogo alto.
Deixei ferver por três minutos e deixei em infusão, com a panela tampada por mais ou menos 45 minutos.
Após isso, a mistura já havia esfriado, então bati no liquidificador e coei com um pano bem fininho, espremendo bem. Reservei o bagaço* e levei o leite de nozes para aquecer.
Em outra tigela grande, bati com o fouet as gemas com o açúcar até ficar esbranquiçado. Misturei o amido e fui colocando o leite quente, de concha em concha, mexendo bem para não cozinhar as gemas.
Depois de agregar todo o leite, voltei a mistura para a panela e levei ao fogo baixo até a mistura engrossar levemente, mas sem ferver (o ponto é quando você passa o dedo nas costas da colher de pau e o creme não escorre de imediato).
Passei o creme numa peneira fina e coloquei num recipiente que tem tampa.
Deixei esfriar, tampei e levei a geladeira de um dia para o outro.
No dia seguinte, misturei o sal e a baunilha. Levei a sorveteira conforme o fabricante e depois ao congelador para firmar.
Caso você não tenha sorveteira, coloque a mistura uma tigela, leve para o congelador por 1 hora, retire e bata bem. Coloque novamente no congelador, depois de 1 hora bata novamente. Repita o processo até não conseguir mais bater.

Espero que gostem!
Beijocas e até a próxima! :)

4 de janeiro de 2018

Cuscuz de tapioca e Feliz 2018!


Feliz 2018 meus queridos! Que esse ano seja repleto de coisas boas e que eu consiga deixar mais gordices aqui pra vocês!
Essa receita é tão boa, mas tão boa que você nem acredita.
Cresci me deliciando com essa tapioca (aqui em casa cresci chamando de pudim de tapioca) que a mamãe sempre fazia, mas essa versão é ainda mais fácil, pois não vai ao fogo. Preparei-a de sobremesa para o réveillon e foi super sucesso, também pudera, é receita da Rita!
Espero que gostem dessa delícia super brasileira! <3


Cuscuz (ou pudim) de tapioca
(adaptado do livo Cozinha de Estar, da Rita Lobo)

2 e 1/2 (500g) xícaras de tapioca granulada
1 coco seco
Cerca de 1 litro de água quente
1 xícara de açúcar
1/2 colher (chá de sal)

Para servir
Leite condensado
Lascas de coco fresco

Como eu fiz?
Separe mais ou menos 1/8 do coco e faça fitas (use o descascador de legumes, fatiador ou uma faquinha afiada) e reserve.
Retire aquela pele fina do coco, corte em pedaços pequenos e coloque no liquidificador. Complete com a água quente até a marca de 1 litro. Bata tudo por uns 3 minutos e coe. Utilize um pano fino e limpo sobre a peneira para poder extrair o máximo do leite de coco.
Misture bem o leite de coco preparado com metade do 'bagaço' que sobrou do coco (o restante pode virar beijinho), o açúcar e o sal.
Vá juntando a tapioca aos poucos e misturando bem (eu usei o fouet). Deixe descansar em temperatura ambiente por meia hora, mexendo de vez em quando com uma espátula.
Disponha na forma desejada (pode ser uma de bolo inglês forrada com papel filme, mas eu usei uma decorada untada bem de leve com óleo vegetal) e leve a geladeira por pelo menos 3 horas.
Desenforme e sirva com o leite condensado e as fitas de coco.


Dica: após o descanso de meia hora, prove para ver se está tudo bem hidratado, pois há marcas de tapioca que vem com uns pedaços maiores que podem ficar duros. Se for o caso, regue mais leite de coco.
Dica²: Para descascar o coco, retire a água e leve-o ao forno quente até ele rachar. Bata com um martelo e vá retirando a casca.

Espero que vocês gostem!
Beijocas e até a próxima! :)



10 de dezembro de 2017

Torta de Frango


Fiz essa torta para um almoço preguiçoso, nem pretendia trazer a receita (por isso as fotos sem nenhum capricho), já que é bem parecida com essa, mas quando postei a foto no meu Instagram, tanta gente pediu que eu resolvi postar.
Essa massa é básica, parecida com essa, dá para usar o que quiser no recheio: palmito, bacalhau, carne seca, enfim, o que você tiver a mão. Sabe aquele frango assado que sobrou e você não aguenta mais olhá-lo? Usa ele aqui nessa torta!
Ah, vale fazer porções individuais também. :)
Massa crocante, desmanchando na boca e recheio cremoso: combinação imbatível. 💓



Torta de Frango da Máh
(inspirada nessa aqui)

Para a massa:
2 xícaras de farinha de trigo
100g de manteiga bem gelada, picada (usei com sal)
1 pitada de sal
Água gelada até dar o ponto

Para o recheio:
1 colher (sopa) de azeite de oliva
1 colher (sopa) de manteiga
1/2 cebola picadinha
1 dente de alho ralado fino
2 xícaras de frango cozido e desfiado
1 pitada de colorau
3/4 de xícara de leite
1 colher (sopa) de farinha de trigo
1/4 de xícara de queijo ralado (usei meia cura)
Milho, azeitonas picadas e salsinha picada a gosto
Sal, pimenta do reino (moída na hora) e noz moscada (ralada na hora) a gosto

Para finalizar:
1 ovo batido

Como fazer?
Comece pela massa. Em uma tigela coloque a farinha e o sal e misture. Coloque a manteiga gelada e com a ponta dos dedos esfarele a manteiga na farinha até ficar com o aspecto de areia molhada. Junte a água gelada aos poucos e misture até formar uma bola. Não sove. Quando a massa estiver homogênea, enrole em um filme PVC e deixe na geladeira.
Em uma panela coloque o azeite e a manteiga e deixe aquecer. Junte a cebola, o alho e refogue até murchar. Tempere com o sal, a pimenta e o colorau. Junte o frango e refogue por 2 minutinhos. Coloque o milho, a azeitona e polvilhe a farinha de trigo e mexa bem. Junte o leite e misture bem até a mistura engrossar. Junte o queijo, a noz moscada e a salsinha e deixe cozinhar por uns 2 minutos, mexendo bem para não grudar. Acerte o sal. Espere o recheio esfriar para montar a torta.
Abra 2/3 da massa e forre a forma (de acordo com o tamanho da forma sua torta poderá ficar mais alta) coloque o recheio, alise bem e decore a torta como desejar. Caso faça a torta "lisa" como eu, faça um corte para o ar do recheio sair. Pincele com o ovo batido e leve para assar, forno pré-aquecido, temperatura média até ficar bem douradinha, cerca de 30 minutos.

Espero que gostem!
Beijocas! :)

2 de dezembro de 2017

Bolo de Maracujá


Dia desses eu queria preparar um bolinho... já estava tarde e eu não queria ligar a batedeira nem o liquidificador, tinha que ser bolinho tradicional, batido na mão (mesmo morrendo de vontade de comer um bolo de cenoura ou de iogurte).
Fui buscar alguma receitinha nova nos blogs de receita que eu gosto e parei nesse bolo de maracujá da querida Glau.
Alterei um pouquinho a receita e como eu só tinha 2 maracujás e a massa ainda estava pesada,
acrescentei o iogurte.
O bolo fica uma delícia e não digo isso só porque sou alucinada por maracujá! Podem fazer sem medo.


Bolo de Maracujá
(adaptado daqui)

2 xícaras de farinha de trigo
1 e 1/4 de xícara de açúcar
1 colher (sopa) de amido de milho
3/4 de xícara de óleo vegetal
1/2 copo de iogurte natural
4 ovos
Polpa de 2 maracujás maduros
1 colher (chá) de extrato de baunilha
1 pitada de sal
2 colheres (chá) de fermento químico em pó

Como fazer?
Misturei com o batedor de arame a farinha com o amido, o açúcar e o sal. 
Juntei o óleo, os ovos e o extrato de baunilha.
A massa fica pesada, acrescente o iogurte e o maracujá até ficar com 'consistência de bolo'. Coloque a polpa aos poucos para não deixar a massa rala demais, caso ocorra, acrescente um pouquinho de farinha para acertar a massa.
Misture o fermento delicadamente e leve para assar em forma untada e enfarinhada, forno pré-aquecido a temperatura média. Faça o teste do palito.

Espero que gostem! Por aqui foi sucesso. 
Beijocas e até a próxima! :*